Terça-feira 17/07/2018

Fundos de Tela

» Download

| printImprimir | Email E-mail | Share

Nossa Senhora Desatadora dos Nós

“Nos perigos, nas angústias, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca Maria!”

Esta frase, tirada de uma bela oração de São Bernardo, resume bem a situação do fiel necessitado que invoca a intercessão de Nossa Senhora. Nesta prece, o santo compara a nossa vida a um barquinho que está no meio da tempestade, quase afundando, e que precisa de auxílio e orientação para chegar ao seu destino. Maria é justamente a Estrela do Mar, que guia o navegante até o Porto Seguro da Salvação, que é Jesus Cristo. Esta oração de São Bernardo se encaixa muito bem com uma devoção popular muito preciosa nos dias de hoje: Nossa Senhora Desatadora dos Nós.Desatadora dos Nos.jpg

Todos nós temos preocupações, aflições, problemas, doenças ou dúvidas que são verdadeiros NÓS em nossas vidas. São as famosas “pedras no caminho”, de que nos fala um conhecido poeta brasileiro. E Nossa Senhora é justamente a Auxiliadora que Deus nos deu, que desata todos os nós e afasta todas as pedras do caminho.

Por esta razão o Pe. Luiz Alexandre entendeu que é muitíssimo importante divulgar para todas as famílias brasileiras a devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Em 2010, a Associação Maria Rainha dos Corações enviou aos nossos colaboradores e amigos a Novena e a fita da Desatadora dos Nós para que as famílias pudessem receber os benefícios desta devoção.

A devoção a Nossa Senhora Desatadora dos Nós tem a sua origem na Alemanha, mais precisamente na cidade de Augsburg, onde é conhecida como Maria Knotenlöserin (do alemão Knot, nó; e lösen, desatar).  Por volta do ano 1700, o padre da capela de St. Peter am Perlach pediu ao pintor Johann Georg Melchior Schmidtner que fizesse um quadro de Nossa Senhora. Para compor a obra, o artista se inspirou nas palavras de Santo Irineu, bispo de Lyon, na França, que viveu no século III: “Eva, por sua desobediência, atou o nó da desgraça para o gênero humano; Maria, por sua obediência, o desatou”.

No quadro, Maria é representada como a mulher do Apocalipse, “revestida de sol, a lua debaixo de seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas” (Ap 12, 1). A pomba é uma referência à sua condição de Esposa do Espírito Santo e a serpente aos seus pés significa que Ela foi livre, desde a concepção, do pecado original.

Na parte de baixo do quadro se encontra um homem caminhando no escuro e sendo orientado por um anjo, o que nos remete à passagem bíblica de São Rafael guiando Tobias em sua caminhada. Essa figura representa também o auxílio do nosso anjo da guarda ao longo da vida.

À esquerda da Virgem, um anjo entrega-lhe uma fita toda embaraçada e cheia de nós, que representam todos os pecados e dores da humanidade. Nossa Senhora desata cada nó com muito cuidado, para não romper nem estragar a fita, e a passa a outro anjo, inteiramente lisa e desembaraçada.

Logo AMRC.jpgDesejando participar desta Campanha, e receber os nossos brindes, entre em contato conosco através do e-mail:

[email protected]

Ou converse com um dos nossos atendentes pelo telefone:

                                  (11) 2959-2633

Associação Maria Regina Cordium